Ushuaia, a cidade do fim do mundo

Ushuaia é um desses lugares que deve ser visitado por todos pelo menos uma vez na vida, pois é considerada a cidade mais austral do mundo. Capital da ilha de Tierra del Fuego, no sul da Argentina, foi fundada em 1884 e seu clima é frio e úmido. A temperatura mínima média é de 8 graus negativos. Já a máxima dificilmente possa ultrapassar os treze graus.

Para poder chegar à Ushuaia, que tem uma população de 60 mil moradores, é preciso atravessar parte da Cordilheira de los Andes. A sedutora cidade apresenta um conjunto de paisagens realmente espetaculares, contornada por bosques e montanhas cobertas de neve através de rios e lagos.

O significado de Ushuaia é “baia funda“ ou “baia que penetra ao oeste” nas variadas línguas nativas originais. Durante o inverno, as horas de luz são bem poucas: seis ou sete. Mas no verão acontece o contrario e o sol marca presença por até 18 horas.

Booking.com

O que fazer

A também chamada cidade do fim do mundo se converte num incrível ponto de partida para percorrer e ainda descobrir lugares incríveis e únicos na Argentina. É possível navegar pelo Canal de Beagle, além de alcançar o Farol Les Eclaireurs (mal chamado de Farol do Fim do Mundo) e ainda percorrer o Parque Nacional Tierra del Fuego, com a Bahía Lapataia, dentro do mesmo parque. Ou bem partir desde a sua baía até a imensa, misteriosa e incrível Antártida Argentina.

Porto de Ushuaia

Numerosos e interessantes programas podem ser realizados, tais como patinação sobre gelo, caminhadas com raquetes, andar de quadriciclo ou moto de neve, fazer trilhas em poderosas 4X4, etc.

Mas quem prefere um consumo menor de adrenalina pode escolher pelo trekking, pescaria, canoagem, ciclismo ou observações de flora e fauna, que são outras interessantes atividades que podem ser realizadas em qualquer época do ano.

Uma das atrações mais populares de Ushuaia é o Trem do Fim do Mundo. O antigo trem dos presidiários percorre um trajeto de mais de 20 km que permite apreciar diferentes lugares da cidade, além de aprender do guia turístico as lendárias historias regionais.

Ushuaia, o trem do fim do fundo

Para praticar esqui, o lugar certo é o Cerro Castor (com mais de vinte pistas e modernos meios de elevação) ou bem o Solar del Bosque. Na escola de esqui do Cerro, turistas de todas as idades podem alugar roupas e equipamento ou bem tomar aulas com qualquer um dos 70 instrutores (muitos deles são trilíngues).

Como curiosidade, o 80% dos atletas que participaram e ganharam medalhas nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014 (na Cidade de Sochi, na Rússia), treinam habitualmente no Cerro Castor.

Ushuaia, cidade do fim do mundo

O Glaciar Martial (principal fonte de água da região) é o melhor lugar para curtir a incomparável vista panorâmica de Ushuaia, o Canal de Beagle e ainda algumas ilhas chilenas. O porto de Ushuaia (que por incrível que pareça, é um dois mais movimentados da Argentina) é visitado todos os anos por numerosos cruzeiros internacionais. Desde aí saem diversas excursões pelos Canais Fueguinos e a Antártida, opções muitos aproveitadas pelos turistas que visitam Ushuaia.

Se a intenção é curtir um programa mais sossegado, ainda é possível fazer um passeio pela cidade no antigo e simpático ônibus de dois andares. Ushuaia mostra uma excelente gastronomia onde é possível se saborear grandes delícias locais como a centolla (santola), a merluza negra e também o cordeiro patagônico, sempre acompanhados por um bom vinho argentino.

Que outros lugares visitar em Ushuaia

Mas o charme da capital do arquipélago não acaba aí. Existem outros lugares para serem visitados, permitindo mostrar o lado cultural da ilha como, por exemplo, o Museu do Fim do Mundo, a Galeria de Arte do Museu Marítimo e a Bienal do Fim do Mundo: um evento cultural e artístico muito apreciado e prestigiado na região.

(Foto: Leandro’s World Tour)

Ushuaia, bus turístico (Foto: Leandro's World Tour)

Outros destaques são o Festival Internacional Gastronômico e a Festa nacional da Noite Mais Longa, celebrada o 21 de junho de cada ano. Marca o começo do inverno e a noite tem uma duração de 18 horas!

Quem estiver a fim de fazer compras, pode escolher dentre as diversas lojas com peças de artesanato, chocolates e doces, produtos defumados e até cerveja artesanal. Contudo, um detalhe bem importante deve ser observado: mesmo sendo uma Zona Franca (livre de impostos) os preços nem sempre conseguem refletir isso. Então, é questão de pesquisar e pechinchar bastante antes de comprar! Confira aqui os preços dos melhores passeios em Ushuaia.

Como chegar

Desde Buenos Aires, Aerolíneas Argentinas disponibiliza diariamente até três voos diretos para Ushuaia (dependendo do dia da semana). O avião parte desde o Aeroparque Jorge Newbery e a duração da viagem é de três horas e meia. Já desde o Aeroporto de Ezeiza sai um voo fazendo escala em El Calafate, com uma duração total de cinco horas. Enquanto isso, LAN Argentina também realiza um voo diário e direto. A distancia entre o Aeroporto de Ushuaia e o centro é de aproximadamente cinco km.