Williamsburg, o melhor hambúrguer da cidade?

Dar um passeio por Palermo Soho um sábado de manhã é um programa que muita gente adora. E se for perto da hora do almoço, melhor ainda. Não é à toa que estamos num dos polos gastronômicos mais importantes de Buenos Aires e opções realmente não faltam. Vamos continuar com a tendência do lanche rápido e informal que começamos algumas semanas atrás com o Burger Joint? Só que hoje é a vez de apresentar um rival bem poderoso: o Williamsburg.

Onde fica essa hamburguería que abriu as portas um ano atrás? Na Rua Armênia, perto da praça do mesmo nome… no centro de Palermo Soho! A ambientação é muito mais formal e em sintonia direta com a decoração das redes de comidas rápidas tradicionais. Em poucas palavras, mais parecido com uma lanchonete com dois amplos e confortáveis ambientes. Moderno e com muito aço inox brilhando por aí.

Já na entrada você fica sabendo que o deles é considerado o melhor hambúrguer da cidade. Será verdade ou trata-se apenas de puro marketing exagerado? Melhor darmos uma olhada para poder tirar as dúvidas…

Booking.com

 

Um cardápio variado e difícil de resistir

OK, agora estamos na hora de conhecer o cardápio de Williamsburg antes de fazer o nosso pedido. E a surpresa é boa porque temos bastante para eleger. Para começar, destacamos a interessante variedade de hambúrgueres disponíveis: carne de boi, porco, frango e até vegetariano. Nada mal para um tipo de lanche que habitualmente acaba sendo associado apenas com a carne bovina.

  • Hambúrguer de carne, 200grs (seis tipos diferentes).
  • Porco, 190 gramas (três tipos).
  • Frango (dois tipos)
  • Vegetariano (hambúrguer de arroz integral Yamani, acompanhado de cereais, ervilhas, queijo, abacate, cebola roxa e aioli).

Você pode montar o lanche como quiser e ainda alterar o tipo de hambúrguer. Uma proposta bastante original, pelo menos em Buenos Aires: o hambúrguer intercambiável! Como funciona? Bem simples, você escolhe a composição do sanduíche e no lugar de ser, por exemplo, de carne, pode trocar por frango ou porco. Ou vice-versa.

Mas a coisa não acaba aí: também tem burritos, saladas, diversos acompanhamentos (batas fritas, batatas assadas, babata doce frita, mandioca frita e mix de vegetais) e sobremesas. Para beber? Refrigerantes, água mineral, sucos e cerveja (artesanal ou em garrafinhas).

Williamsburg, entrada

Não se preocupe se a música estiver um pouco alta enquanto você espera ser chamado para retirar o seu pedido. Vale a pena curtir tranquilamente o som vindo da Spotify porque nesse quesito o Williamsburg também capricha. Basta esperar uns 10 minutos e logo você será chamado pelos alto falantes.

Consulte por passeios, traslados, shows de tango e outras atividades turísticas em Buenos Aires com os melhores preços do mercado!

E os preços? Bom, os preços são um pouco mais altos se comparados com outros locais semelhantes. Mas para sermos sinceros a qualidade até que justifica esses pesos a mais sem termos que reclamar muito. Em dezembro de 2017 os preços começam a partir de 200 pesos (aproximadamente 40 reais pelo câmbio oficial). Detalhe importante: do mesmo jeito que em qualquer outra casa de fast-food não é cobrado serviço de mesa nem gorjetas!

Vai com crianças? Sem problemas… o Williamsburg dispõe também de um menu para os baixinhos. Ninguém que atravessa a porta vai ficar come!

Hora do lanche!

Após estudar cuidadosamente o cardápio de Williamsburg, a escolha foi o chamado Messi (tomate, alface, queijo Gouda e chimichurri). Grande, bem suculento, com um pão bem gostoso e ainda trazendo uma gentil porção de batatas fritas.

Williamsburg, Messi

O pedido inclui o sanduíche e as batatas, mas a bebida é cobrada por separado. Porém, com um detalhe: é permitido um refil por pessoa no caso dos refrigerantes. Preço total? 275,00 pesos (ao redor de 52 reais). Os temperos podem ser colocados nos pequenos potes de (sim, acertou) aço inox que estão no balcão dos talheres.

Qual a opção mais destacada? Provavelmente o Williamsburger: queijo, ovo frito, bacon crocante, pepinos em conserva e maionese. Uma alternativa mais chique pode ser o Dylan: cebola caramelizada, queijo gorgonzola e rúcula.  

Endereço e horários de atendimento

Como já falamos no começo, o Williamsburg está em Palermo Soho na Rua Armênia 1532 (entre Honduras e Gorriti). Está aberto todos os dias desde o meio-dia até às 02.00h da manhã. Sextas e sábados fecha uma hora mais tarde: às 03.00h da madrugada. Um horário ideal para quem sai da balada e quer descobrir se o hambúrguer de Williamsburg é o melhor da cidade ou não!