Viajando a Buenos Aires com a Azul desde Navegantes

O sul brasileiro é um dos destinos mais procurados pelos turistas argentinos, especialmente as praias catarinenses. No verão, Florianópolis, Balneário Camboriú e (ultimamente) Palmas costumam ficar lotadas pelos hermanos, que escapam das menos atraentes praias argentinas. Com isso em mente, a empresa Azul agregou em dezembro de 2017 um novo voo na sua programação. A novidade comunica o litoral de Santa Catarina com Buenos Aires. Mais precisamente o aeroporto de Navegantes Marcos Konder com o aeroporto de Ezeiza.

A proposta serve também para todos os moradores da região que procuram uma opção mais favorável ao invés de sair desde Floripa. Para aqueles que, como eu, fazemos a “ponte Santa Catarina – Buenos Aires” frequentemente durante o ano o trecho resulta bastante conveniente. Não é a mesma coisa ir até Navegantes que ter que atravessar a BR-101 até a capital do estado. Menos ainda durante a temporada de férias.

Até agora nunca tinha viajado pela Azul. Sempre viajo pela Gol (que conta com muitos voos diferentes) ou, em algumas ocasiões, Aerolíneas Argentinas. Latam nem sempre vale a pena no meu caso por não ter um voo direto e ter que ir, obrigatoriamente, até São Paulo e depois descer até SC. Logo, a possibilidade de viajar a Buenos Aires com a Azul desde Navegantes meu pareceu tentadora.

Booking.com

Voos diretos para Buenos Aires durante a temporada

Logicamente na hora de escolhermos uma passagem o preço dela aparece como uma das prioridades. Após uma rápida comparação com as outras empresas, o valor foi bem mais em conta (um 40% menor). Mesmo com a franquia de 23 kg na bagagem foi muito mais econômico, o que não é pouca coisa. Não sei se levei sorte ou não, mas essa foi a primeira vantagem além de se tratar de um voo direto.

Azul, Buenos Aires, Navegantes

A compra pela internet foi bem rápida e simples, após um breve cadastro. O check-in, também feito online, só foi possível exatas 24 horas antes da viagem, mas deu tudo certo.

Conheça as novas regras de bagagem nas empresas aéreas brasileiras

Pelo que entendi, essa opção Navegantes – Buenos Aires estaria disponível apenas durante a temporada (até o início de março). Depois, durante o resto do ano a Azul continuaria oferecendo os acostumados voos com duas conexões (!!!). Ai a coisa ficaria mais complicada, embora isso ainda não esteja totalmente confirmado. Dependendo da demanda poderão adicionar voos semanais ou até com uma frequência maior, ou não.

Azul, Buenos Aires, Navegantes, asa

Como é o voo

A duração foi exatamente de duas horas e cinco minutos (20 minutos menos do esperado), o serviço de bordo foi eficiente e gentil e o avião, mesmo sendo um pequeno Embraer 195 era confortável.

Agora, a austeridade de todas as empresas aéreas na hora das refeições também atinge a Azul Linhas Aéreas. Uma aeromoça passa primeiro perguntando a cada passageiro qual a bebida desejada. Em poucos minutos chega o lanchinho contendo salgadinhos, bolachas e a bebida solicitada, sem ter que pagar nada.

Azul, Buenos Aires, Navegantes, lanche

Depois, para completar, chega um cafezinho (sempre bem-vindo). Nada de luxos. Porém, para falar a verdade, num voo tão curto as minhas exigências não são muito grandes nesse quesito. Contudo, considerando os preços atuais das passagens aéreas, a gente tem direito a receber alguma mordomia!

Tire todas as suas dúvidas antes de viajar… que documentos são necessários para viajar a Buenos Aires?

Em questões de entretenimento durante o voo, a Azul Linhas Aéreas traz uma alternativa interessante. Hoje em dia as telinhas nos assentos não resultam uma surpresa para ninguém. Só que a coisa boa é que a Azul oferece 40 canais de TV (gentileza da Sky), o que ajuda bastante durante a viagem. Basta solicitar os fones de ouvido e fazer a sua escolha na tela táctil e pronto. Não há internet, mas poder assistir televisão e com tantos canais já quebra o galho e o voo passa rápido.

Azul, Buenos Aires, Navegantes, TV cabine

A minha impressão foi boa e fiquei satisfeito com a chance de poder viajar a Buenos Aires desde Navegantes. Vamos ver se a Azul consegue manter a proposta ou não. Os moradores do litoral catarinense, do Vale do Itajaí e muitos turistas argentinos vão ficar agradecidos.