Segurança em Buenos Aires, o que você deve saber

Como já temos falado inúmeras vezes, Buenos Aires não é considerada uma cidade violenta. Menos ainda se for comparada com outras capitais ou grandes cidades da América Latina. Contudo, os perigos sempre existem e resulta de vital importância prestar certos cuidados. Um breve instante de descuido ou uma decisão errada podem acabar em seguida com a alegria dessa viagem tão desejada.

A sua segurança em Buenos Aires não depende só dos lugares que você frequentar, os horários dos seus passeios ou de quanto possamos chamar a atenção dos bandidos. As coisas podem acontecer rapidamente no meio da muvuca de um belo dia ensolarado. Ou enquanto caminhamos tranquilamente com as mãos dentro dos bolsos.

Desse jeito, existem alguns fatores que devem ser observados e que permitem que os riscos de levar um arrastão ou um furto sejam bem menores.  Não existem fórmulas infalíveis para evitar um roubo. Mas sim uma série de dicas que podem reduzir as chances ao mínimo.

Booking.com

Táxis e traslados

Com a crescente inflação que a Argentina sofre, o famoso truque de alguns motoristas de táxi malandros de trocar as notas de cem pesos que o passageiro entrega e dizer que são falsas foi perdendo espaço. Mas atenção: com as novas cédulas de 500 pesos a velha pegadinha pode ser utilizada mais uma vez. Moral da história: tente levar sempre dinheiro trocado para pagar as corridas. O polêmico Uber é também uma maneira mais segura de viajar pela cidade.

Segurança em Buenos Aires, táxis

Encontrar um taxista que gosta de tirar um sarro dos turistas é uma possibilidade que sempre está no ar. Mas para que dar uma volta por lugares que você não tem interesse em conhecer e ainda pagar pelo “passeio”? Sempre é bom ter uma noção da distância e o tempo do trajeto que vamos fazer. Hoje em dia, com a ajuda de um smartphone e diversos aplicativos, isso não fica difícil. E nesse sentido novamente o Uber e os remises levam vantagem e oferecem maior confiança e segurança ao passageiro. Com eles, você já sabe de antemão quanto vai ter que pagar até o destino final.

Os táxis localizados nas saídas de Ezeiza e Aeroparque podem prometer preços tentadores para uma viagem até o centro. Porém, nem sempre se trata da opção mais recomendável. Confira bem nos guichês das empresas de remises dentro do aeroporto o valor da sua corrida antes de se decidir, ou não, por um táxi de rua. Escolha sempre os chamados Radio Táxis, aqueles com o nome da empresa e o telefone pintados nas portas.

Traslados em Buenos Aires: cinco coisas que você precisa saber

Contratar um traslado com suficiente antecedência tira por completo essas preocupações todas. E, de quebra, você ainda pode pagar em reais brasileiros antes de sair do Brasil. Faça a sua consulta por traslados, passeios e outras atividades turísticas em Buenos Aires.

Trocar dinheiro

Desde dezembro do ano passado, trocar dinheiro em Buenos Aires deixou de ser aquela dor de cabeça para muitos turistas. Atualmente basta entrar numa casa de câmbio para poder cambiar os seus reais ou dólares por pesos argentinos.

O mercado negro ainda funciona, embora com menos força e oferecendo alguns centavos a mais para seduzir interessados. Se você não quer visitar uma agência de câmbio nem mostrar o seu documento para trocar dinheiro, então preste atenção. O perigo de receber notas falsas por parte dos cambistas também continua. Pense bem: é uma decisão totalmente pessoal e sem direito a reclamos posteriores.

Roubos e assaltos

As possibilidades de sofrer um assalto no meio da rua não são maiores do que no Brasil. Pelo contrário, podem até ser bem menores dependendo da cidade. O mais comum de se ver nas ruas de Buenos Aires são os pequenos furtos. Os criminosos aproveitam um instante de distração das vitimas para agir velozmente. Costumam andar de moto, bicicleta ou simplesmente a pé.

Segurança em Buenos Aires, calle Florida

Vamos tomar como exemplo o micro centro durante o dia e de segunda a sexta. Realmente, ver um assalto ao vivo e a cores não é uma das coisas mais habituais. O panorama, no entanto, muda consideravelmente quanto começa escurecer e todo mundo volta para casa após outro dia de trabalho. Quem conheceu o centro de Buenos Aires vinte ou trinta anos atrás sabe do que estamos falando. Os tempos mudaram e os cuidados devem aumentar.

Consulte os preços dos melhores shows de tango de Buenos Aires e faça agora mesmo as suas reservas!!!

Pontos turísticos badalados como Caminito ou o bairro de San Telmo, podem apresentar alguns sinais de perigo principalmente à noite. Sabendo da presença constante de turistas, os ladrões esperam qualquer segundo de desatenção para depois fugir rapidamente. Não é o mais comum, mas acontece. Fique alerta, a maioria das vezes com estar atento já é suficiente para evitar um roubo.

Segurança em Buenos Aires, San Telmo

O metrô é um dos lugares favoritos dos batedores de carteira, mais ainda nas horas de maior movimento. Cuide os seus pertences e, se estiver de calça comprida, não leve nada de muito valor nos bolsos posteriores. Coloque o seu celular, dinheiro, cartões ou documentos nos bolsos da frente, onde você possa observá-los o tempo todo.

Segurança em Buenos Aires, metrô linha D (Foto: Rodrigo Quezada)

Nos pontos de ônibus da Plaza Constitución existem quadrilhas que roubam com o maior dissimulo e em qualquer horário. Não é uma área muito frequentada pelos turistas brasileiros, mas é bom conhecer os perigos dessa região.

Confira 10 dicas de segurança em Buenos Aires

Delegacia do Turista

A polícia local às vezes parece indiferente aos fatos de violência, infelizmente. Mas seja como for, é bom saber da presença da Delegacia do Turista (Comisaría del Turista, em espanhol). Está localizada na Avenida Corrientes 436, entre as ruas Reconquista e San Martín.

Segurança em Buenos Aires, Delegacia doTurista

Em resumo: não é questão de ficar apavorado e sem querer sair do hotel. Também não devemos menosprezar os possíveis perigos que uma cidade grande como Buenos Aires pode apresentar. Com um pouco de atenção e certos cuidados, você poderá curtir ao máximo o charme da capital argentina!