O inverno em Buenos Aires: o que levar na mala?

O inverno em Buenos Aires já começou e mostrou as garras. Os primeiros dias fez aquele frio que todos esperávamos, mas depois mudou de ideia. Logo chegaram alguns dias bem mais amenos e ensolarados, só que isso infelizmente não ia durar muito. O frio já está de volta, trazendo algumas chuvas, vento e aquela sensação térmica que assusta. O que levar na mala para combater o duro inverno portenho?

Cai neve durante o inverno em Buenos Aires? A resposta é não, infelizmente não cai neve na terra do tango. Pelo menos em condições normais. Regiões com neve, como Bariloche, Villa La Angostura ou El Calafate estão longe: a partir dos mil quilômetros de distância. Se você for pensar em Mendoza, a terra do sol e o bom vinho, também. Ou, no caso de Ushuaia (na Tierra del Fuego), muito mais: acima de 2 mil km.

Os moradores das cidades do sul brasileiro estão mais acostumados com a dureza invernal. Mas aqueles que viajam desde as regiões mais cálidas do Brasil vão sentir a diferença. Quanto pode durar essa tortura toda? Apenas noventa dias, então leia o seguinte artigo e decida se vale a pena viajar em inverno ou não.

Booking.com

Junho – Julho

A estação mais gelada do ano começa em 21 de junho e vai até o dia 21 de setembro. Igualzinho que no Brasil e no resto dos países do hemisfério sul. São três meses aonde a presença do frio vai sendo cada vez maior, até a tão esperada chegada da primavera. A coisa boa é que durante o inverno em Buenos Aires as chuvas são consideradas entre moderadas e escassas.

O primeiro mês, em condições normais, é o menos gelado. A temperatura mínima dificilmente possa cair dos sete ou oito graus. Pode ter algum dia de temperatura mais baixa, mas ainda não é o usual. Durante o dia, habitualmente alcança os 15 ou 16º, às vezes até mais. Podemos dizer, então, que os primeiros trinta dias do inverno são de frio moderado. Como para ir se acostumando aos poucos.

O inverno em Buenos Aires, cidade

Para enfrentar as semanas iniciais do inverno em Buenos Aires é recomendável levar um estoque razoável de roupas para frio. Você sempre vai ter a chance de comprar aquilo que estiver faltando, sim. Porém, os preços da roupa nas lojas portenhas já não são tão amigáveis: compre somente aquilo que seja realmente necessário. O seu bolso irá agradecer. Um dos segredos é ir utilizando várias camadas de roupa, ao invés de peças muito pesadas.

O inverno em Buenos Aires

O que colocar na nossa bagagem? Vai anotando:

  • Casaco.
  • Jaqueta.
  • Moletom.
  • Camiseta de manga comprida.
  • Meias grossas.
  • Cachecol.
  • Luvas
  • Gorro de lã.
  • Protetor labial (ou manteiga de cacau).

Com esse equipamento todo podemos dizer que já dá para enfrentar o inverno em Buenos Aires, pelo menos no início. Mas o que espera por nós os próximos meses?

O inverno em Buenos Aires (Foto: Hernán Piñera)

Julho – Agosto

Na segunda parte do inverno, os ventos gelados do sul sopram com mais força e dá para sentir mesmo. Faz um frio de lascar! Se a temperatura já é baixa, com o vento batendo no rosto a coisa só fica ainda pior. Como já falamos no primeiro parágrafo, a sensação térmica é o carrasco principal. Assim, o frio parece ainda mais intenso e temperaturas de 0º fazem parte do inverno portenho como se nada fosse. A temperatura máxima dificilmente ultrapasse os 15º.

Consulte os preços dos melhores shows de tango de Buenos Aires e faça agora mesmo as suas reservas!

Andar apenas de calça jeans pode não ser a melhor das ideias, principalmente aquelas fininhas. Se puder, leve jeans mais grossos. Não esqueça o negócio das camadas: um moletom leve por baixo da calça também pode dar conta do recado! Na parte superior do corpo, tudo serve: camiseta, casaco, blazer ou jaqueta. O frio na cabeça também deve ser evitado. Não duvide em utilizar tocas ou gorros… numa hora dessas a elegância passa automaticamente para um segundo plano!

O inverno em Buenos Aires, mala

O que dizer do calçado? Bom, quanto mais agasalhado e confortável… melhor. Sapatos, tênis ou botas devem permitir o uso de meias grossas sem apertar nem machucar. Uma das particularidades de Buenos Aires é poder fazer muitos passeios a pé. Deixe os queridos e inseparáveis chinelos somente para andar à vontade dentro do quarto do hotel. Fora dele, nem pensar.

Na nossa bagagem não podem faltar.

  • Os mesmos elementos que no mês de junho, só que em maior quantidade. Simples assim.
  • Calçado para frio (sapatos fechados, tênis e botas).

Agosto – Setembro

Ufa, o último mês do inverno está chegando. Aquele frio do cão já está na hora de sumir e permitir o ingresso de temperaturas mais agradáveis, certo? Contudo, ainda é preciso ficar de olho e não subestimar ao inimigo nem um instante. O pior já passou, mas nem por isso abra mão dos principais agasalhos do seu arsenal. Conserve na sua mala casaco, jaqueta, e cachecol que serão muito úteis principalmente na hora de sair na rua.

Consulte por passeios, traslados, shows de tango e outras atividades turísticas em Buenos Aires com os melhores preços do mercado!

As peças mais pesadas podem ser dispensadas, já que a temperatura mínima geralmente beira os 8º. A máxima já aparece mais amigável, com dias de até 20 graus que alegram e ajudam a levantar o ânimo.

O inverno em Buenos Aires não é um mito: faz frio para valer. Saiba o que levar na mala e enfrente-o sem medo e em total igualdade de condições!