Metrô de Buenos Aires

Além do ônibus, outro meio de transporte muito utilizado em Buenos Aires é o metrô (em espanhol subte, abreviatura de subterrâneo).  Seis diferentes linhas comunicam diversos pontos da cidade através de mais de 80 estações, transportando acima de um milhão e meio de passageiros por dia. Cada uma percorre um trajeto que varia entre cinco e doze quilômetros de extensão e o horário de funcionamento começa às cinco horas da manhã até aproximadamente às dez e meia da noite (dependendo da linha).

(Foto: Thomas Locke Hobbs)

Metrô de Buenos Aires (Foto: Thomas Locke Hobbs)
Os antigos vagões do metrô da linha A

Construído com capitais de origem inglês, o metrô de Buenos Aires foi inaugurado em 1913 com a Linha A comunicando a Plaza de Mayo com a Plaza Once. Durante o transcurso do século XX novas linhas foram se acrescentando até hoje, com permanentes planos de ampliação. A meados dos anos 90 o serviço foi privatizado, mas mesmo assim o Governo da Cidade de Buenos Aires continua sendo o principal responsável pelo seu funcionamento e constante evolução.

Booking.com

Atenção! Evite problemas que possam estragar as suas férias. Confira as nossas 10 Dicas de Segurança em Buenos Aires.

(Foto: Gobierno)

Metrô de Buenos Aires (Foto: Gobierno)

Os antigos vagões da linha A, fabricados na Bélgica, foram substituídos por modelos mais modernos no ano 2013 e algumas das estações dessa linha sofreram reformas; neste ano o serviço está completando 100 anos de funcionamento.

Viajando por toda a cidade

Originalmente, para atravessar as catracas de acesso às estações do metrô de Buenos Aires era preciso inserir moedas. Depois foram a vez das fichas metálicas que eram compradas nas já inauguradas bilheterias; na atualidade é suficiente comprar um bilhete para uma ou mais viagens.

(Foto: Gabriel Gama)

Metrô de Buenos Aires (Foto: Gabriel Gama)

O valor da passagem pode ser pago em dinheiro (notas ou moedas) ou com o cartão SUBE. É possível fazer diferentes combinações pagando uma passagem só e boa parte das estações tem um serviço de Internet sem fio (Wi-Fi) grátis.

Chegou a Buenos Aires e não sabe que lugares visitar? Veja aqui os principais pontos turísticos da cidade que você pode conhecer.

As linhas de metrô em detalhe

As diferentes linhas de metrô, com as suas estações de início e finalização:

  • Linha A: Plaza de Mayo – San Pedrito, no bairro de Flores. Circula pelas Avenidas de Mayo e Rivadavia.
  • Linha B: Leandro N. Alem (perto do Luna Park) – De Los Incas (no bairro de Villa Ortúzar). Percorre a totalidade da Avenida Corrientes.
  • Linha C: Retiro – Constitución. Faz a maior parte do trajeto pela Avenida 9 de Julio.
  • Linha D: Catedral – Congreso de Tucumán (no elegante bairro de Belgrano). Sai da Plaza de Mayo e transita as Avenidas Santa Fé e Cabildo.
  • Linha E: Bolívar – Plaza de los Virreyes (Flores). Começa também na Plaza de Mayo e continua pelas Avenidas San Juan, Directorio e Eva Perón.
  • Linha H: Once – Hospitales (Parque Patricios). Segue seu caminho pela Avenida Jujuy.