10 características dos Bares e Restaurantes de Buenos Aires

 

  1. No centro da cidade de Buenos Aires ainda é comum encontrar em cada esquina um café e uma banca de jornal. Uma tradição bem porteña que ainda é mantida é entrar num bar, sentar numa mesa contra a janela, pedir um cafezinho e ler o jornal. O cafezinho sempre vem acompanhado por algum doce ou biscoito e um copinho de água ou até suco (tudo incluso no preço). Leia mais sobre o popular Cafezinho de Buenos Aires.
  2. Num bar, ao pedir, por exemplo, uma cerveja, é costume do garçom servir alguns tira-gostos acompanhando a bebida (amendoim, batatas fritas ou algum outro salgadinho), o que já está incluso no valor.
  3. Uma opção mais completa é pedir uma tradicional “picada” que seria uma numerosa variedade de salgadinhos, frios, queijos, azeitonas, pães, etc. para acompanhar as bebidas desejadas. Não deixe de saber quais são os aperitivos favoritos dos portenhos.
  4. Nos bares e restaurantes de Buenos Aires, na hora de solicitar a conta, não se inclui o acostumado 10 % de acréscimo habitual no Brasil. Porém, muitos lugares incluem junto com os itens consumidos uma taxa de serviço. Não é uma porcentagem, mas sim um valor fixo.
  5. Na hora de pagar uma gorjeta depois de uma refeição, calcula-se aproximadamente um 10 % do valor da conta. A gorjeta é absolutamente opcional e depende do grau de satisfação do cliente pelo serviço e atendimento recebido.Bares e Restaurantes de Buenos Aires
  6. As numerosas pizzarias da cidade oferecem o tradicional prato italiano com diversas variedades, mas é importante saber que geralmente a massa da pizza em Buenos Aires é mais grossa que a conhecida no Brasil. Porém, muitas pizzarias têm duas versões: “de molde” (feita na forma e com a massa mais alta) e “a la piedra” (assada na pedra), sendo esta mais fina e crocante e talvez mais próxima do paladar do turista brasileiro.
  7. A maioria dos cardápios dos bares e restaurantes de Buenos Aires é “à la carte”, isto é, pratos individuais trazendo geralmente um acompanhamento ou guarnição (podem ser para uma ou duas pessoas). Alguns restaurantes oferecem um buffet de saladas (chamados de salad bar) e as sobremesas também são pedidas separadamente. Gostaria de acompanhar seu prato predileto com um bom vinho? Conheça então as características do vinho argentino.

    Bares e Restaurantes de Buenos Aires
    Nos bares de Buenos Aires, o cafezinho sempre vem acompanhado
  8. Mesmo assim, existe restaurantes com o acostumado estilo “buffet livre”, mais perto talvez do gosto brasileiro e chamados em Buenos Aires de “tenedor libre”. Agora a venda de comida a quilo é uma prática pouco conhecida entre os porteños, embora no centro da cidade já seja possível achar alguns novos restaurantes com esse sistema.
  9. Um fato que pode chamar a atenção do turista brasileiro é o pouco uso das comandas quando um pedido é feito ao garçom; eles simplesmente memorizam o pedido. Nos bares e restaurantes de Buenos Aires os garçons mais experientes nem precisam perguntar aos fregueses de uma mesma mesa que prato cada um pediu: eles associam o pedido com o lugar onde o cliente está sentado, sabendo que determinado prato é para determinada cadeira. Moral da história: não é uma boa ideia trocar de assento depois de ter feito o pedido dos pratos!
  10. E por último, uma coisa que pode chamar a atenção do turista que visita os bares e restaurantes de Buenos Aires é o atendimento, o porteño pode parecer não muito atencioso ou até indiferente das necessidades do cliente. Em condições normais, não é para se preocupar muito; é simplesmente mais uma característica da cidade e seus moradores.