Os melhores uísques argentinos

Se falarmos de bebidas argentinas, com certeza a primeira opção que vai vir na nossa cabeça vai ser o vinho, especialmente aquele que é produzido em Mendoza. Ou então, o Fernet, o aperitivo de moda. Mas nos últimos anos tem crescido, e bastante, o consumo do uísque. Isto é por uma mudança nos hábitos da população, mas também pela aparição de grupos consumidores especializados nesta bebida tão conhecida no mundo inteiro.

Mas não é só que aumentou o consumo do uísque: por causa da depreciação do peso argentino e o considerável aumento de preços dos produtos importados, cresceu assim a demanda por bebidas produzidas no país. Isso trouxe como consequência uma melhora na qualidade da produção (atingindo níveis comparáveis com os padrões internacionais) e deu a chance às marcas locais de se converterem em exportadoras dos melhores uísques argentinos.

Os melhores uisques argentinos

Booking.com

Uísques argentinos mais conhecidos

Old Smuggler: Uma das marcas argentinas de uísque mais consumido é o Old Smuggler. A fabricação na Argentina começou na década de 1950 e durante muito tempo foi o escocês mais popular nos bares de Buenos Aires.

Os melhores uísques argentinos

Do tipo blended (mistura de vários componentes), conta com um sabor agradável, de maltes escoceses e um teor alcoólico de 40%. É um dos nomes mais accessíveis do mercado, apresentando uma aceitável relação qualidade-preço.

Gostaria de acompanhar seu prato predileto com um bom vinho? Conheça então as características do vinho argentino.

Breeder’s Choice: Outra das marcas mais importantes e conhecidas é o Breeder’s Choice, apelidado de Criadores. Foi lançado no começo de 1967 e tem o selo emblemático das primeiras variedades de raça vacuna vindas do Reino Unido: Aberdeen Angus, Shorthorn Hereford. As mesmas estão representadas na capa da garrafa com as simpáticas imagens dos premiados Tarquino, Virtuoso Niágara. 

Os maltes utilizados também são vindos da Escócia, junto com a madeira de carvalho branco empregada na fabricação dos barris onde o uísque é conservado e envelhecido. Isto proporciona o sabor característico que vem acompanhando a marca durante mais de quatro décadas no mercado argentino e internacional.

Não deixe de saber quais são os aperitivos favoritos dos portenhos.

Premium: Nas suas duas versões, Etiqueta Roja Etiqueta Negra (ou seja, capa vermelha ou capa preta), o Premium sempre tem sido outra das escolhas dos portenhos na hora de apreciar e degustar um bom uísque. Com um atraente sabor e uma cor dourada mais intensa que a do Breeder’s Choice, é uma interessante alternativa para quem deseja conhecer um uísque nacional de qualidade superior.

Blenders Pride, os melhores uisques argentinos

Blenders Pride: Aqueles de paladar mais exigente e refinado poderão encontrar no Blenders Pride um uísque que combina o melhor do malte escocês (da mesma destilaria do famoso Chivas Regal) com diferentes grãos nacionais e importados envelhecidos. Oferece um aroma frutado e cor de mel, resultando um deleite para qualquer amante desta bebida.

Mesmo tendo a sua origem na cidade de Ontário, no Canadá, em meados do século XIX, rapidamente foi aceito pelos portenhos que o consideram, sem duvidar, um dos mais destacados uísques argentinos.